Com quem aprender?

No mês de outubro tive a honra de conhecer um grande pintor que admirava pelo trabalho e dedicação as artes. O artista plástico Paulo Frade pintor de características realistas, com quem venho estudando desde então. Embora eu me desloque até seu ateliê uma vez por mês e faça um intensivo de 6 horas já um grande avanço para de fato alcançar novas descobertas e entender sobre as técnicas que foram perpetuadas pelos grandes mestres pintores da história.

Quem mora no interior sabe o quanto é difícil muita das vezes encontrar um ateliê com um critério voltado especificamente para a pintura realista e seus segredos. Então dentro do possível estou me esforçando o máximo para aprender mais no curto período de hora livre que disponho, e tenho certeza que será uma grande evolução.

É um pouco complexo distinguir valores e passá-los de uma forma coerente para a tela (pelo menos neste início), o trabalho que se segue é um estudo que estou aprendendo nas aulas, porém me adiantei em colocar cores sobre uma pintura monocromática.
O estudo é baseado no trabalho de Alexei Antonov e pode ser encontrado no site:

http://www.artpapa.com/oil-painting-lesson-1/index.html







Estudos

Agônica despedida - OST 120 X 80- Cleopatra ampara Marco Antonio em seus momentos finais  
Embora tenha feito aulas de pintura em um curso técnico em Artes Plásticas, só após algum tempo praticando é que realmente conseguimos enxergar um grande universo de cores em uma pintura. Onde eu via verde, agora vejo matizes variados de tons que podem ser infinitamente modificados, às vezes, até ao acaso da paleta.
Em blogs que participo de grandes artistas do cenário nacional, quiçá mundial, vejo dentro das suas experiências os estudos constantes e a observação como principal qualidade de um trabalho bem feito, embora eu tenha muito que aprender estou disponibilizando alguns estudos e espero dicas dos meus queridos amigos. Abraço a todos

Reprodução para estudo de movimento e cor.  

 







Paisagem Rural de um sítio em Taubaté- Giz Pastel sobre papel canson A3 

Reprodução para estudo de perpectiva aérea.OLT 60x80























Carreiro vai...60x80









Rosas...em uma crise de perfeccionismo destrui esta tela...








Estudo de cores complementares.










Reprodução baseado no trabalho do mestreBenedito Luizzi












Desenho de cabeça com caneta Bic em folha de ofício A4









Cachoeira- Giz Pastel Folha Canson A3











Tecnica Mista - OST canetinha hidrocor









Cachoeira - Estudo de tonalidades










Reprodução para estudo de perspectiva








Casario Italiano.










Versão Giz Pastel Canson A3











Um dos primeiros trabalhos. Reprodução.OST 60x80











Venezza. Carvão sobre Tela 60x80














Rascunho de um futuro quadro....
Um estudo com cores, aliás, cor quente...










Estudo de vidro e transparencia












Ops!!!Modelagem













Modelagem 






A arte de Simon Hennessey


Com o crescimento do cenário artístico, há uma crescente linha denominada Fotorealismo para uns e Hiper-realismo para outros que basicamente consiste em se chegar o mais próximo do real ou até mais, mostrando detalhes que de forma geral nunca são percebidos pela visão circunstancial, parecendo de fato uma fotografia.
Com novas tecnologias como as câmeras e equipamentos digitais os artistas tem uma vasta precisão em reproduzir trabalhos que dificilmente se dariam sem um auxilio de um modelo com tamanha resolução. Assim busquei um dos maiores artistas deste segmento e procurei dispor algumas de suas obras.



















































































































Para saber mais acesse:http://www.simonhennessey.co.uk/

COMO ALCANÇAR TEXTURAS

Muitos perguntam qual a melhor maneira de se alcançar algumas texturas em um desenho realista. Eu, particularmente digo que um papel apropriado já é um grande diferencial para obter as mais variadas texturas, ou seja, para se alcançar os detalhes na pele, por exemplo, as próprias hachuras que existem na folha servem perfeitamente para situar os poros e o sentido das rugas e marcas de expressão.

Cabelos e barbas brancas podem ser feitos com o uso de um boleador ou mesmo com a ponta seca de uma lapiseira.


 Agora quanto à questão dos sulcos ou detalhes de algumas marcas como cicatrizes e manchas o importante é saber usar o contraste de luz e sombra que proporciona uma perspectiva tonal e consequentemente o efeito de profundidade, distância e aproximação.



Há ainda texturas mais complexas como as que se referem à água, metal e pano dentre muitas outras, a observação nestes casos deve ser minuciosa e de forma isolada para que o nosso cérebro não interprete o objeto e consequentemente queira terminá-lo rapidamente.


Notem no trabalho do artista Dirk Dzimirsky a mudança tonal do cinza é que definem o aspecto de água, neste tipo de trabalho existe uma constante preocupação de localizar os vários pontos luminosos e gradativamente atenuar uns e outros contrastes.



 
 
 
 
Outros desenhos com texturas diversas
 
REPAREM AS SARDAS NO ROSTO DA MODELO



Para saber mais da arte do desenhista Dirk Dzimirsky , acesse o site: